O Clã Dos Quatro Guerreiros

Oi pessoal, tudo bem ? A postagem de hoje será uma entrevista com o autor Diego Martins Ribeiro, autor do livro O Clã dos Quatro Guerreiros, ou seja, espero que vocês gostem!



Ana Carolina: De onde vêm os seus personagens? São inspirados em pessoas reais?

Diego: Essa é uma questão que me intriga. Nem eu sei ao certo de onde vêm esses personagens. Simplesmente começo a colocar no papel suas características físicas e psicológicas, e sua história de vida, e eles vão passando a existir. Talvez eu acabe me inspirando um pouco em conhecidos meus, além de personagens de outras histórias. Mas não faço isso conscientemente. 

Ana Carolina: Que tipo de escritor/livro te influenciou?

Diego: J.K. Rowling e sua série "Harry Potter", por exemplo. Apesar de tratar-se de um tema diferente do apresentado em meu livro, a autora me influencia de certa forma.

Ana Carolina: Alguma vez já pensou em desistir ?

Diego: O desânimo já bateu diversas vezes. Não é um caminho fácil. Mas desistir nunca foi uma opção para mim, pois eu tenho bem claro em minha mente que irei escrever sempre, independente de qualquer coisa, pois é o que amo fazer. 

Ana Carolina: De seu livro qual personagem é o seu favorito? Por quê? O que ele significa para você?

Diego: Pergunta difícil... Pois cada personagem tem seu papel na trama, sendo todos indispensáveis. Mas vou tentar responder como leitor. O Cavaleiro Sem Nome é com certeza o que mais me instiga. Me surpreendo, às vezes, escrevendo as coisas que ele diz e faz. Como alguém pode manipular as pessoas tão facilmente, fingir estar sentindo coisas que nem sequer é capaz de sentir, e ter como único prazer brincar com o destino das pessoas? Ele pode destruir a vida de alguém sem nem ao menos franzir a testa. 
Ana Carolina:  Você utiliza algum material como referência para escrever, ou é pura e simplesmente inspiração momentânea?

Diego: Quase todo material utilizado é de autoria própria. No entanto, quando preciso abordar astronomia, por exemplo, estudo um bocado antes de escrever. Só busco esse tipo de referência quando vou escrever sobre algo que exista na realidade. 

Ana Carolina: O que mais te impulsionou pra chegar até aqui?

Diego: Pura força de vontade. Sou grato a quem me apoiou, ou está me apoiando. Mas nos momentos mais difíceis, você precisa contar consigo próprio e ter muita fé no que está fazendo.

Ana Carolina: Como começou sua paixão pelos livros?

Diego: Com certeza com  quadrinhos. Eu estava começando a aprender a ler, quando meu pai começou a me presentear com gibis. Foi quando tudo começou.

Ana Carolina: Quando publicou o seu livro sentiu algum medo? E qual foi?

Diego: Ainda sinto... É uma grande expectativa quando cada leitor está lendo meu livro. Quando ele gosta, vitória. Quando não gosta, é como um balde de água fria. Felizmente, até agora, estou ouvindo mais críticas positivas.

Ana Carolina: Pretende escrever outros livros?

Diego: Sim, pretendo dar continuidade à série Enoua.
Ana Carolina: Qual é o seu escritor preferido dentro de cada gênero literário?

Diego: Fantasia: J. K. Rowling
Drama: Não li muitos livros do gênero, mas Markus Zusak me conquistou com "A menina que roubava livros"
Romance policial: Agatha Christie
Infantil: Eva Furnari
Literatura nacional: Jorge Amado, com Capitães da Areia

Ana Carolina: O que você lia quando era criança ?

Diego: Gibis da Turma da Mônica, livros infantis, revistas "Herói" e outras coletâneas de quadrinhos.

Ana Carolina: Como é a sua rotina de trabalho?

Diego: No momento, além de escritor, também sou monitor de informática pela prefeitura de minha cidade. Portanto, só tenho tempo para escrever à noite e nos fins de semana.

Ana Carolina: Que mensagem você gostaria de mandar para seus leitores?

Diego: Entreguem-se a um livro, agora mesmo. Abram sua mente e aproveitem.
Obrigado!



20 comentários:

  1. Ana Já leu o livro? Gostei muito da capa dele, dei uma olhada na fan page e gostei da sinopse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena queria ler sua resenha, mas vou comprar ele pelo site e assim que eu termina a leitura te conto o que eu achei.

      Excluir
  2. Apenas senti falta da resenha, mas dei uma olhada na sinopse também e aparenta ser o tipo de livro que eu curto. Agora é só espera o pagamento chega de novo e colocá-lo na minha estante.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Ana Carolina!
    Mandou super bem na entrevista. Já havia visto este livro, um colega havia recomendado.
    Fico muito feliz de ver o seu blog apoiando a literatura nacional e apresentando estas novidades para os leitores.
    Abraços!
    Blog do Ben Oliveira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ben! é sempre bom apoia a nossa literatura nacional, e fico feliz que você tenha gostado da novidade. s2 bjs

      Excluir
  4. ótima entrevista, ainda não conhecia esse livro.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Adorei a entrevista, não conhecia o autor/livro, vou colocar na minha lista :)

    PS: obrigada por passar no A Lua ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que voce tenha gostado haha bjus s2 s2

      Excluir
  6. Gostei muito de conhecer esse livro, eu nunca tinha ouvido falar dele e agora já estou querendo ler. Um livro que eu comprei que foi de uma entrevista que você também fez, foi Guardiões do Universo, gostei muito do livro, sou viciado em literatura nacional e a maioria dos meus livros são nacionais, acho muito bacana você está sempre mostrado livros nacionais aqui no blog, pq é meio difícil ver isso em outros blogs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rafael! Tudo bem? Fico feliz que esteja gostado das postagem, Estou lendo Guardiões do universo e gostado muito. s2

      Excluir
  7. ótima entrevista! ^^ Tem bom gosto para autores *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha fico feliz q tenha gostado e obrigado. bj bj s2

      Excluir
  8. Olá!

    QUE CAPA MARAVILHOSA!
    Adorei e o livro me chamou certa atenção. Aliás, muito legal saber que o escritor foi influenciado, mesmo que indiretamente, pela J.K., além, é claro, dele afirmar que não irá deixar de escrever nunca, o que chega a ser tocante e inspirador.
    Adorei o post e a sua entrevista!

    Beijos literais,
    Luiz Henrique (Luke)
    instanteliteral.com

    ResponderExcluir
  9. O autor tem como autores preferidos Agatha Christie, Tia Jô, Zusak e Jorge Amado!!!! Certamente seu livro deve ser ótimo, por que inspirações e referencias não faltam. Gostei da entrevista.

    http://cantinadolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Copyright © 2013 | Design e Código: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal