Sete dias sem fim


Livro: Sete dias sem fim
Autor: Jonathan Tropper
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 295
Lançamento: 2014
Minha avaliação no Skoob:    

O livro narra a vida de Judd Foxma, um cara que nunca poderá reclamar de tédio em sua vida como a própria sinopse do livro diz, pois Judd em questão de dias pegou sua mulher traindo ele, e ainda por cima com o seu chefe, na sua casa, na sua cama e bem no dia do aniversario do seu casamento, depois disso ele ficou desempregado e para completar seu pai teve a brilhante ideia de morrer.



Como se isso tudo não bastasse, ele se vê obrigado a participar de um Shivã, ou seja, ele é obrigado a ficar preso com seus três irmãos, suas cunhadas, sua mãe e seus dois sobrinhos na mesma casa, para fazer um luto de sete dias seguindo os preceitos Judaicos.
Apesar do pai de Judd, ser ateu e não ligar muito para os costumes da sua religião ele fez esse último pedido para a família, ou seja, ninguém teve como negar isso a ele, mas o problema é que a família de Judd, não é muito normal.


Sem falar que os irmãos de Judd, são bem diferentes dele seu irmão caçula é um cara completamente sem juízo que só quer aproveitar o lado bom da vida, já seu irmão mais velho é aquele cara todo certinho que atualmente está vivendo uma relação complicada com a mulher, pois ela tenta de todas as formas engravidar e com isso acaba desgastando a relação.

Já sua irmã é casada com um tremendo babaca, mas tem dois filhos lindos, lindos porém terríveis. E para completar tudo a mulher do seu irmão mais velho é sua ex namorada. Porém, uma pessoa sensata entrar no meio dessa família, que no caso é a namorada do seu irmão caçula, mas no meio dessa família todo mundo perde um pouco de senso. Ainda mais quando se passa sete dias na mesma casa, sem poder sair.



Judd apesar de todos os problemas é o tipo de cara que dificilmente perde a cabeça, ele também é aquele cara que não consegue ficar triste com mais nada, nem mesmo com a morte do seu pai, apesar dele amar o pai, ele decidi não ficar choramingando e sim aceitar as coisas como elas são.
 
Porém decidi aceitar as coisas é fácil o difícil mesmo e colocar essa decisão em prática. Judd também é aquele cara que sempre reprimi o que sente, mas isso vai mudar, pois passar sete dias com uma família tão louca, pode enlouquecer qualquer um.


Judd também é o tipo de cara que nunca enxerga os problemas dos outros, mas convivendo com a familiar ele percebe que todos tem problemas, medos e inseguranças. E no meio disso tudo ele também reencontra familiares,  antigos amigos e ex-amores, amores esses, que faz ele pensar e repensar sobre o amor que sente pela sua ex mulher. Porém a vida de Judd vai mudar ainda mais, pois uma grande notícia mudara para sempre sua vida, e sua forma de vê o mundo. Sete dias sem fim, é o tipo de livro que te faz refletir o tempo todo, o autor do livro passa várias lições de vida.  

Mas não podemos esquecer, que o livro conta a história de uma família judaica, ou seja, o livro tem um linguajar diferenciado, mas nada que tire a preciosidade da obra. O livro é um pouco demorado também, afinal o título já diz tudo “Sete dias sem fim,” porém ele é um livro gostoso de ser lido, um livro que faz qualquer um esquecer os problemas e se diverti com as loucas aventuras dessa família.

 
O livro é tão legal que foi adaptado para cinema, mas é claro que tem uma diferença na história, pois o livro é mais engraçado e seus detalhes são melhores, porém o filme também é ótimo. 




 



15 comentários:

  1. Oi, Ana! Tudo bem? Desde que lançaram esse livro que estou querendo lê-lo! A história dele chama bastante a minha atenção e ele parece ser ótimo. Espero ler ele logo... Adorei a resenha! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi tony, pelo tipo de livro que eu vejo que você ler, pois tbm estou sempre no seu blog, acredito que você vai gostar bastante dele, pois ele é tudo de bom e muito divertido. <3

      Excluir
  2. Oi Ana!
    Não me importo com livros mais lentos desde que tenham bons personagens e uma história que me cative. Parece ser o caso desse.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é o caso sim, o livro é ótimo super recomendo

      Excluir
  3. Oi
    Estava pensando em assistir ao filme desse livro.
    Achei a estória legal e já conhecia de outras tantas resenhas.

    Beijo
    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que vou assistir o filme hj, o livro é ótimo o filme deve ser mega engraçado \o/

      Excluir
  4. Oi Ana, um prazer conhecer seu blog. Gosto muito de livros com autores e personagens masculinos. Essa vida do Judd é bem maluca, não é? Pela capa posso ver que tem um filme, vou querer ler e assistir.
    Boo Nina,
    www.rascunhocomcafe.com.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maluca é pouco ele é mais que maluca, só lendo o livro pra saber como ela é louca. hahah

      Excluir
  5. Oi
    Curti a resenha, assisti o filme e gostei o livro também deve ser bom apesar de você ter achado um pouco demorado. Já li um livro desse autor e gostei da escrita dele.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assistir o filme ontem e achei bem diferente o livro sem sombra de duvidas é muito melhor.

      Excluir
  6. Oi Ana, eu li e resenhei este livro lá no blog.
    A família do Judd é uma loucura mesmo. O livro é bem parecido com aquelas comédias da sessão da tarde.
    Mas, também passa bons ensinamentos e questionamentos sobre a vida em geral.
    Gostei da sua resenha. Obrigada pela visita lá no Doces.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade é um ótimo filme para assistir a tarde ou em um feriado como esse de agora. <3

      Excluir
  7. Oi, Ana! Tudo bem?
    To querendo muuuuuuuuuuito ler esse livro. Já li outro livro do autor e me apaixonei pela escrita.
    Ótima resenha!
    Beijos
    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz q tenha gostado da resenha. O livro é ótimo mega divertido leia mesmo. <3

      Excluir
  8. Olá, Ana, tudo bem?
    Guria, já vi várias resenhas positivas sobre esse livro. E só pelo fato dele ser da Editora Arqueiro e já ter filme chama ainda mais a minha atenção. Parece ser um daqueles livros que tem um quê trágico, mas na verdade é comédia sobre essa tragédia, rs.
    Super beijos <3
    http://livros-cores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Copyright © 2013 | Design e Código: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal