O livro que entendeu a minha loucura

Se você já leu a resenha desse livro, pule essa sinopse e entenda o porque esse livro entendeu a minha loucura...





Alegando sofrer de crises de solidão, Deus irá finalmente falar após anos de silêncio. E ele não poderia ter escolhido melhor pessoa para isso: o Dr. R. Mazal. No consultório em British Columbia, Canadá, um labirinto de verdades é desmoronado.À medida que a terapia segue, a vida do psicólogo entra em completa derrocada, além de estar, sem saber, no centro de uma batalha de forças além da compreensão humana.

As revelações de Deus confirmam o darwinismo e rebatem as leituras completamente equivocadas sobre o livre-arbítrio. As confissões divinas não deixam de mergulhar nos mais intrincados mistérios judaicos, trazendo à luz o que foi escondido. No entanto, o enigmático Frederic Burrhus parece ter versões bem diferentes... Aquilo era apenas a ponta do iceberg !

Numa caçada frenética por respostas, o Dr. Mazal entra no centro de uma conspiração sobrenatural. Mesmo amada pelo marido, Petra o trai e esconde um segredo de todos sobre seu passado. A filha, Jane, parecia ser a maior armadilha para o império do anticristo, mas em contrapartida, era também a grande arma secreta de Deus.

Para fazer o plano do Soberano prevalecer, a misteriosa família Cohen faz de tudo para que o Dr. Mazal e Jane fiquem nas mãos do inimigo. Nem sempre quem nos apunhala é de fato nosso inimigo. Deus também tem suas artimanhas?
“Os demônios de Deus” é a série de suspense mais controversa dos últimos anos!


Eu nunca fui uma pessoal totalmente religiosa, ou seja, eu nunca fui de ir muito a igreja ou tirar um  tempo para ler a Bíblia. Porém eu sempre gostei de livros onde o tema especifico é a religião, tanto que eu já li algumas obras da Mônica de Castro,  Zíbia Gaspareto e de outros escritores. Porém, o último livro que li que aborda um tema parecido foi o livro “A Cabana,” e confesso que eu fiquei muito decepcionada, pois os diálogos são cheios de perguntas e respostas desviadas.

E para ser sincera eu confesso que pensei que o livro do Alexander Mackezie seria igual. Porém, eu estava redondamente enganada, porque o autor é muito claro e objetivo. Quando surge alguma pergunta no livro, onde nem mesmo Deus pode responder o autor deixa claro. As respostas que Deus dá para o psicólogo é algo absolutamente estupendo. Várias vezes durante a leitura eu me peguei pensando como o autor pode aborda um tema tão delicado e se sair tão bem?  Quando eu vi que chegou na parte em que o psicológico conversaria com Lúcifer, eu pensei que seria algo espantoso. Mas novamente eu estava redondamente enganada. A conversa que eles tiveram foi algo fenomenal… 

Sempre pensei comigo e se na verdade o mal fosse o bem e o bem fosse o mal? Ninguém nunca entendeu essa minha dúvida, e quando eu li esse livro senti que pela primeira vez, eu teria uma resposta concreta. Nunca fui também o tipo de pessoa que acredita em tudo que está na bíblia. 

Eu sempre digo que a bíblia é algo interpretado pelo homem, ou seja, ela pode ser muito bem interpretada de forma incorreta. E após ler esse livro eu tive a certeza que: “Eu não sou louca. Como muitas pessoas dizem, ou apenas pensam.” E tive a certeza que a bíblia realmente pode ser interpretada de forma incorreta. Dizem que alegria de um louco é encontrar outro louco. Isso é uma grande verdade, pois pela primeira vez eu encontrei um louco, mas um louco muito inteligente, que escreveu um livro onde aborda todas as minhas dúvidas e ainda por cima de uma maneira inenarrável!
 

E o mais extraordinário do livro é que com apenas três ou quatro linhas o autor consegue fazer, você refazer os seus pensamentos e crenças. Ele faz você enxergar de outra forma, aquilo que por você já é considerado comum. Acredito que até os céticos após lerem esse livro, vão começar a pensar mais sobre a teoria de tudo. Uma vez eu li no livro de uma amiga a seguinte frase: 

O mal é uma coisa engraçada, pois, querendo ou não aceitar, ele é uma parte de nós, e mesmo que o vencemos, ele nunca desaparecerá por completo- continuará lá no equilíbrio, esperando que escolhamos se cederemos a ele ou não-, bem como as marcas que ele cria. Essa frase me marcou muito e foi uma frase que eu achei muito realista, pois, aceitando ou não o mal está dentro de nós, nenhum ser humano é bom por completo.

 ( O Despertar do Dragão)

 E quando eu li “Os Demônios de Deus,” lembrei muito dessa frase. Pois, de uma maneira inimaginável e totalmente pasmoso o autor transmite essa mesma mensagem. Outra frase de um livro que também me marcou muito foi a seguinte frase:

EIS UM PEQUENO FATO
Você vai morrer.  


Com Absoluta sinceridade, tento ser otimista a respeito de todo esse assunto, embora a maioria das pessoas sinta-se impedida de acreditar em mim, sejam quais forem meus protestos. Por favor, confie em mim. Decididamente, eu sei ser animada, sei ser amável. Agradável. Afável. E esses são apenas os As. Só não me peça para ser simpática. Simpatia não tem nada a ver comigo.
(A Menina que roubava livros)

Após ler esse pequeno trecho do livro, eu comecei a me perguntar o porque as pessoas temem tanto a morte? Posso dizer que já passei perto dela algumas vezes. Sim, isso é a mais pura verdade, apesar de ter apenas 20 anos, já encarei a morte de perto. E posso dizer que ela pra mim não pareceu algo tão monstruoso. Sempre pensei que morrer séria a mesma coisa que evoluir. E durante a leitura encontrei a seguinte frase: 

A morte não é a ruptura de uma existência - disse Deus. - A vida é a fissura e o corte da existência plena! Viver é ter que assumir um embate diário: a Intolerância do outro e encarar nossas debilidades. A dele encerrou-se. Ele saiu de uma existência plana para uma plena- afirmou, com convicção. 
(Os Demônios de Deus)

Após ler essa parte no livro, eu tive que  entrar em contato com o autor e dar a ele os meus singelos parabéns, pois, eu nunca tinha encontrado em um livro tão extraordinário e esclarecedor.  Tenho um grande amigo que atualmente está lendo esse livro e ele me disse que achava o escritor muito doido, porém, estava achando o livro arrebatador. Então eu respondi para ele exatamente isso “Foi na loucura do autor que eu encontrei a minha sanidade.”  Meu amigo riu da minha cara e logo depois respondeu que acreditava em mim, pois, ele também estava viajando pelos labirintos da própria mente.

Eu do fundo do meu coração, nesse momento eu gostaria de ter uma inteligência extraordinária e também gostaria de saber descrever ou indescritível, para terminar essa postagem. Mas, infelizmente a minha inteligência não é extraordinária e também não consigo descrever o indescritível. Então eu vou citar aqui a seguinte frase.
 

Odiei as palavras e as amei, e espero tê-las usado direito.
A Menina que roubava livros

     
Ps: O autor desse livro é uma pessoal totalmente normal. Tanto que decidi mostrar algumas fotos que comprovam isso....




Deixem seus comentários

37 comentários:

  1. Eita menino seduzente... O livro desse cara é fantástico!

    Carol, Boa sorte na prova hoje. Estou dizendo por aqui pq você não atende celular kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma hora dessa e você já está por aqui? Só vejo um motivo para isso-----> Você me amaaa. Rs Obrigado! E depois eu te ligo para dizer quantas lágrimas eu derrubei sobre minha prova. Rs <3

      Excluir
  2. Eu tenho pé atrás com esse livro a premissa não me agrada, sei lá! kkkkkk

    Mas achei sua resenha muito boa!

    Estandy Books - A Estante da Andy

    ResponderExcluir
  3. Esse livro deve ser perfeito. *-*

    ResponderExcluir
  4. Bela resenha, ótimo livro, daria um bom filme.

    ResponderExcluir
  5. Ana a menina que consegue ser zuera até quando faz algo sério kkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahuahuahau essas fotos do autor são mara kkkkkkkk

      Excluir
  6. Olá,
    Parabéns pelo post.
    Eu gostei bastante do enredo desse livro do Alexander.
    Beijos.

    http://www.leituradelua.com

    ResponderExcluir
  7. Oi! Não conhecia este livro e achei a proposta muito interessante mesmo. Ótima dica. :)
    beijos ♥
    nuclear--story.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. To ligado que você tem o livro, vai me emprestar, Ana...

    ResponderExcluir
  9. Olha... que post mais amável !! Curti muito o que você escreveu. Me interessei muito pelo livro.
    Citação de A Menina Que Roubava Livros <3 <3 <3 Que amor *-*

    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. hahah Esse autor é show!! Amei sua resenha, muito bem escrita e elaborada. Sobre o livro eu digo o seguinte: é um tema forte, controverso e acho que ele deve lidar melhor que um outro livro um pouquinho parecido: A Cabana. Um pouquinho pq parece que o foco é outro. Só lendo para saber.
    Abç,
    Boo Nina
    http://www.rascunhocomcafe.com/2015/05/ate-voce-ser-minha-obsessao-pela.html

    ResponderExcluir
  11. Recebi o livro e estou curiosa para ler, ainda mais agora sabendo melhor sobre o que se trata!
    Espero gostar tanto quando você! *-*
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que você vai amar. Depois me diz o que achou. <3

      Excluir
  12. Olha eu já ouvi falar bastante desse livro, mas eu ainda não tive a chance de ler.
    Gostei bastante de tudo que você contou sobre ele e legal ter te ajudado (risos)
    Muito bacana tudo que você colocou.
    Espero poder ter a oportunidade de ler assim que puder

    Venha conferir minha outra resenha

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/05/resenha-seducao-morta-lenda-de.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Olá
    Eu também sou muito fã de livros que envolve uma pitada de religião, tanto que assim que esse
    livro foi marcado der ser relançado pela madras, eu fiquei com vontade de le-lo, peguei uma sorte desgraçada
    que eu findei ganhando uma semana depois de seu lançamento em um blog rsrs, já cheou o livro, agora é só tirar minhas duvidas rsrs, eu tambem amei a sinopse,
    P.S. O autor é realmente muito normal
    Bjks
    Passa Lá No Meu Blog - http://ospapa-livros.blospot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olha, eu já posso ouvir pessoas falando que este é um livro de Satanás só pelo título. hahaha
    Confesso que a temática não é das mais interessantes no meu ponto de vista, mas o assunto não deixa de ser muito interessante e instigante. Bom pros fãs do gênero, não é? Pode tornar-se mais um fenômeno como A Cabana, muito bem citado por você.
    Parabéns pela resenha!

    www.palavrasradioativas.com

    ResponderExcluir
  16. Lendo a sua resenha, imaginei o autor um cara sério compenetrado, mas do nada vejo as fotos kkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  17. Esse livro causou no curso kkkkk O pior de tudo foi você séria discutindo o tema do livro e ainda de óculos na cara, sentada no lugar do professor e dando um show de literatura. Kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Confesso que não tenho vontade de ler este livro, porque tenho uma visão completamente diferente. Eu já amei A cabana e saquei toda a reflexão.
    Mas que bom que você gostou tanto da obra! A ideia do autor é bem ousada rs

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Olá; eu iria ler esse livro, mas parece que os Correios roubaram meu livro :( .
    Gostei muito do post; é incrível quando a gente se encontra numa história, né. Tipo assim: aponta pro livro e fala "É disso que eu tô falando!". E as fotos desse autor!!! rsrsrsrs

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bem?
    Como católica praticante, eu estou com medo de ler esse livro, rs. Fico pensando se vou me sentir ofendida em alguma parte ou algo assim. Mas também fico pensando "no que esse livro vai me fazer pensar?". Vou ter que ser bem imparcial nessa leitura. Mas que bom que você gostou!
    Super beijos <3
    http://livros-cores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Eu ia receber esse livro, mas pelo jeito não vou mais. Ficou sabendo do ocorrido com a editora? Agora o jeito é comprar o livro...

    ResponderExcluir
  22. Olá. livros que mexam com a religião não é bem o que gosto de ler.Na verdade, para ser sincera, NUNCA leio livros assim, fico com medo de ficar puta com alguma coisa ,ou me sentir tão ofendida que depois odeie o autor ou queira queimar o seu livro,hahaha. Brincadeiras a parte, o livro é bem interessante sim, só o título na página me faz revirar o cérebro, fiquei horrorizada,hahahaha, é uma leitura que poderei ler sim, em outra hora, estou curiosa para saber o que esse autor maluco colocou aí nesse livro.

    bjs de alguém nem tão louca assim

    ResponderExcluir
  23. HAHAHA, adorei as fotos do autor.
    Enfim, li uma resenha sobre o livro que era imparcial e adorei a proposta do autor. Eu tenho minhas próprias crenças, mas elas não me levam a julgar a interpretação e o modo de vida alheio. Achei a ideia do autor ousada e fiquei mega curiosa! Espero ter a chance de logo ler esse livro.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir

Copyright © 2013 | Design e Código: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal